A Unisinos aproveitou sua participação no Painel de Inovação – Tecnologias no Agro, realizado no dia 1º de setembro, em meio à 40ª edição da Expointer, para lançar o curso de Engenharia Agronômica, que tem início das aulas previsto para 2018.

O curso de Engenharia Agronômica nasceu como resultado de um processo de avaliação da situação do país, levando em conta interesses sociais e necessidades socioeconômicas e socioambientais. “Nós queremos formar profissionais com percepção ambiental e que consigam contemplar três grandes áreas: agropecuária, implementos agroflorestais e inovação. Construímos o curso na ótica da sustentabilidade do meio rural”, contou a coordenadora do curso, Regina Espinosa Modolo.

Segundo Regina, é muito importante conciliar inovação e preservação, visando aumentar a produtividade, mas sem esquecer da manutenção dos recursos naturais. “Nós priorizamos uma grande parte do curso para preservação ambiental e tecnologias limpas, com o objetivo de levar novidades ao pequeno produtor, melhorando a vida de quem trabalha no campo”, destacou.

A coordenadora do curso de Engenharia Agronômica ainda enfatizou a necessidade de sabermos fazer o gerenciamento de resíduos e usou o exemplo das compostagens. “Temos que devolver para terra o que tiramos da terra, de forma adequada”, afirmou.

Durante o encontro na Expointer, além do lançamento do curso de Engenharia Agronômica, cinco startups incubadas na Unitec apresentaram ideias inovadoras para o agronegócio. Os debates apresentados trouxeram novidades em pesquisas na área rural.

Fonte: Assessoria de Comunicação Unisinos

Fotos: Rodrigo W. Blum/Unisinos

Mais notícias