Representantes do Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados (SJMR), do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) e do Governo Federal participaram de uma Missão Tripartite em viagem à América Central de 10 a 13 de abril, com o objetivo de conhecer tecnologias sociais aplicadas à proteção internacional de migrantes e refugiados.

O SJMR foi representado pela coordenadora de projetos do escritório de Porto Alegre, Karin Wapechowski, que integrou o grupo que visitou a sede do ACNUR, a Organização Internacional para as Migrações (OIM), e a Procuradoria de Direitos Humanos, em El Salvador; e a Universidade para a Paz (UNPAZ), na Costa Rica.

De acordo com Karin, “a Missão Tripartite teve por principal propósito conhecer mecanismos de proteção e garantia de direitos dos migrantes e refugiados adotados pelas entidades nos países do triângulo norte da América Central, a fim de fomentar novas estratégias de acolhida no Brasil, a serem implementadas pelo Programa de Reassentamento de Refugiados”.

Missão nos Estados Unidos em maio

De 13 a 18 de maio, o SJMR-POA participará da missão sobre o Envolvimento de Comunidades na Integração de Refugiados nas cidades americanas de Seattle e Salt Lake City. O encontro acontecerá a convite do ACNUR do Brasil e do Comitê Internacional de Resgate nos EUA, e contará ainda com representantes das prefeituras de Porto Alegre, Esteio e Venâncio Aires, cidades solidárias com a causa. Em pauta, iniciativas americanas em prol da integração dos migrantes e refugiados, que servirão de subsídio à realização do Programa de Reassentamento de Refugiados no Brasil, seguindo o edital da Secretaria Nacional de Justiça Nº 02/2018, que classificou o SJMR-POA como implementador do Programa no país.

SJMR Brasil participa da 12ª Marcha a Brasília

De 08 a 11 de abril, o SJMR Brasil esteve presente na 12ª Marcha a Brasília, evento organizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e que contou com representantes de entidades da sociedade civil e de organizações internacionais. A Assistente de Direção Nacional do SJMR, Paola Gerztein, representou a instituição jesuíta no encontro.

Durante o evento, foi realizado o painel Interiorização + Humana, no qual CNM e a ONU firmaram um termo de cooperação, com o objetivo de consolidar o compromisso de municípios brasileiros na recepção e integração de migrantes venezuelanos no país.

Paola (terceira à direita) representou SJMR.

Fonte: Assessoria de Comunicação ASAV

Fotos: Divulgação

Mais notícias