Publicado pela Editora Padre Reus, livro ‘História das casas: Um resgate histórico dos jesuítas no sul do Brasil – Seminário Central – São Leopoldo’ traz relatos da época na qual o prédio histórico abrigava um dos maiores seminários do estado

Considerado um dos cartões postais da cidade e conhecido do grande público por abrigar a primeira sede da Universidade do Vale do Rio do Sinos (Unisinos), um dos principais prédios históricos de São Leopoldo virou tema de livro. Escrito pelo Padre Inácio Spohr, ‘História das casas: Um resgate histórico dos jesuítas no sul do Brasil – Seminário Central – São Leopoldo’ retrata as crônicas vividas no local entre os anos de 1913 a 1956, época na qual o antigo Seminário Provincial Nossa Senhora da Conceição esteve sob coordenação dos padres e irmãos da Companhia de Jesus. O lançamento ocorre no próximo dia 18 de agosto (domingo), às 9h30min, durante missa no Santuário do Sagrado Coração de Jesus (Padre Reus).

Lançado pela Editora Padre Reus, o livro traz um recorte importante da biografia do prédio histórico – construído no século 19 – que durante décadas foi considerado um dos principais locais de formação de seminaristas no sul do Brasil. Ao folhear as mais de 330 páginas do livro, é possível perceber que a trajetória do local se confunde com a de grandes nomes da Igreja Católica no estado, como Dom João Becker e Dom Vicente Scherer.

Nas narrativas, o leitor é convidado a uma verdadeira viagem ao passado, com histórias que resgatam desde o cotidiano dos jovens seminaristas, passando pela forte presença da Igreja na comunidade, até fatos históricos como conflitos bélicos que fizeram parte da época, a exemplo da Revolução de 1923. O livro ainda destaca as revistas ‘O Seminário’ e ‘Res Nostra’, duas publicações criadas pelos próprios seminaristas, voltadas aos campos da filosofia e teologia, e que marcaram época ao conquistarem milhares de assinantes no Brasil e no exterior.

De acordo com Padre Inácio Spohr, o Seminário Central de São Leopoldo – que hoje abriga o Centro de Cidadania e Ação Social (CCIAS) da Unisinos –recebeu seminaristas vindos de diversas partes do Brasil, sobretudo do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná e do nordeste. “O Seminário Central de São Leopoldo foi dirigido pelos jesuítas por vontade do arcebispo Dom João Becker, de Porto Alegre, sendo a junção do seminário menor, que funcionava em Pareci Novo, com o seminário maior, que tinha a sua sede em Porto Alegre, junto à catedral. Ao longo dos anos foram ordenados cerca de 900 padres, em sua maioria seculares, mas também jesuítas e de outras congregações religiosas”, disse. Padre Inácio ainda salienta que o local conquistou fama por ser o celeiro de figuras importantes para a Igreja no país. “Temos de destacar o fato de que dezenas dos seminaristas que foram formados pelo Seminário Central tornaram-se bispos, sendo dois deles cardeais: Dom Vicente Scherer e Dom Jaime de Barros Câmara”, pontua o jesuíta.

Sobre a coleção

Lançada em 2014, no bicentenário de restauração da Companhia de Jesus, a coleção ‘História das casas: Um resgate histórico dos jesuítas no sul do Brasil’ traz um relato detalhado de memórias das obras jesuíticas na antiga Província do Brasil Meridional, no sul do país. Pe. Inácio Spohr realizou um minucioso levantamento da história de paróquias, colégios e seminários por meio de documentos como diários, correspondências, fotos, história domus (história da casa), recortes de jornais e catálogos da Província, produzindo um relato cronológico desses locais.

Publicados pela Editora Padre Reus, os 21 volumes contemplam as cidades de: São Pedro da Serra, Salvador do Sul, Cerro Largo, Alto Feliz, Tupandi, Novo Hamburgo, Pareci Novo (dois volumes), São José do Hortêncio, Dois Irmãos, São Sebastião do Caí, Bom Princípio, São Leopoldo (dois volumes), Ivoti, Montenegro, Estrela, Lajeado, Nova Petrópolis e Gravataí, no Rio Grande do Sul; e Itapiranga, em Santa Catarina. A coleção está à venda na Livraria Padre Reus, em Porto Alegre www.livrariareus.com.br .

Fonte: Assessoria de Comunicação ASAV

Fotos: Divulgação

Mais notícias