Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental – SARES

Fundado em 2003, o Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental (SARES) nasceu a partir de uma parceria entre a Companhia de Jesus, o Instituto Missionário da Consolata e a Arquidiocese de Manaus. A iniciativa é resultado de um apelo do então arcebispo de Manaus, Dom Luís Soares Vieira, que pediu aos jesuítas que criassem um serviço de pesquisa e ação social em prol da sociedade manauara e dos povos da Amazônia. Após uma década de atuação, em 2013, o então Serviço de Ação, Reflexão e Educação Social, iniciou um processo de reestruturação. Então, no ano de 2016, a Província dos Jesuítas do Brasil (BRA) assume integralmente a direção do SARES.

Após dois anos de reestruturação, o SARES foi reinaugurado no dia 27 de setembro de 2016, em Manaus (AM), alterando sua nomenclatura para Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental, e tendo como missão a promoção da justiça socioambiental na e para a Amazônia, por meio da formação e educação social de lideranças e agentes da justiça.

A reinauguração, que aconteceu na nova sede do SARES, no bairro de São Jorge, contou com a presença de líderes de várias entidades e movimentos sociais que lutam pelas questões amazônicas, como CIMI (Conselho Indigenista Missionário), UFAM (Universidade Federal do Amazonas), CEB’s (Comunidades Eclesiais de Base), REPAM (Rede Eclesial Pan-amazônica), Maristas (Instituto dos Irmãos Maristas), além de moradores da Paróquia São Jorge, onde está localizada a sede do SARES.

Endereço: Rua Castelo Branco, 101 – São Jorge – Manaus/AM CEP:69033-230

Fone: (92) 3345-0614