Indo ao encontro da renovação proposta pelo Projeto Educativo Comum (PEC) da Rede Jesuíta de Educação (RJE), o Colégio Medineira recebeu no dia 26 de outubro o professor português José Pacheco para um bate-papo com educadores e público externo sobre o tema “Que outra escola é possível?”.

Conhecido mundialmente por idealizar a Escola da Ponte, em Portugal, Pacheco esteve junto ao desenvolvimento de métodos de gestão democrática da educação, nos quais o estudante é preparado para possuir uma conduta cidadã. O educador visitou Curitiba especialmente para o encontro no Colégio Medianeira, visando discutir a experiência do Projeto Âncora, ONG da cidade de Cotia (SP), como uma realidade possível de mudança na educação básica brasileira.

Para o Diretor Acadêmico do Colégio Medianeira, Fernando Guidini, a vinda de José Pacheco reitera a preocupação da instituição em repensar o currículo, a aprendizagem e os processos pedagógicos. “Trazer um autor como este, que pensa a escola, o currículo, a educação e novas formas de ensinar e aprender é uma experiência singular para o Medianeira”, define.

Guidini ressalta ainda que a visita acontece justamente quando o Colégio, e também a RJE, passam por um momento de renovação e ressignificação promovido pelo PEC, documento que serve de base para um trajeto rumo à excelência humana e acadêmica e que sintetiza as ideias, conceitos e princípios da Companhia de Jesus. “Uma nova escola é possível. Ela se faz realidade por meio das experiências do professor e nós, como Medianeira, podemos relacionar elementos da nossa cultura local e do nosso fazer pedagógico às suas ideias e projetos”, explica.

Fonte: Assessoria de Comunicação Colégio Medianeira

Foto: Divulgação

Mais notícias