Ao possibilitar o ingresso no universo digital e das letras, o Núcleo de Estudos Afro-brasileiro e Indígena – NEABI abre as portas para uma nova perspectiva na vida de pessoas como Maria Gardênia Alves.

Vinculado ao Centro de Cidadania e Ação Social – CCIAS, de São Leopoldo, o NEABI busca estimular as relações étnico-raciais, assim como a disseminação da história da África e das culturas afro-brasileira e indígena, através de dois grandes projetos: Inclusão Digital Afrodescendente e Cidadania e Cultura Religiosa Afrodescendente.

Maranhense, descendente de negros e indígenas, Maria conta que conheceu o NEABI no ano de 2013, e que o projeto Inclusão Digital Afrodescendente possibilitou sua inserção no mundo das letras, tendo, assim, seus primeiros contatos com a leitura e a escrita. “Eu nunca tive chance de estudar… Comecei a trabalhar com seis anos. Aqui, estou tendo a oportunidade que nunca tive. Além do curso de informática, no NEABI estão me ensinando a ler. Eu levo os livros para casa, faço a lição e eles corrigem. Saber ler e escrever é muito importante para a vida da gente”, diz Maria, que completa. “Eu não tenho muita leitura, não tenho nada… Estou estudando através do projeto. Agora, já estou sabendo formar letra. Quando comecei o curso, não podia ver gente perto de mim, que já ficava tremendo. O (projeto) Inclusão Digital Afrodescendente desenvolveu tudo o que estava escondido dentro de mim”, conta.

Segundo Maria, o projeto Inclusão Digital Afrodescendente – que cria espaços de inserção por meio da tecnologia, tanto para afrodescendentes, quanto para brancos em situação de vulnerabilidade social – traz a oportunidade para que as pessoas tenham acesso ao universo digital, importante ferramenta na formação cidadã e na qualificação profissional. “O computador me trouxe conhecimento para quando eu quiser arrumar um emprego como vendedora numa loja, por exemplo”, destaca.

Fonte: Assessoria de Comunicação Unisinos

Foto: Roberto Caloni/Unisinos

Mais notícias

Diretoria de Assistência Social da ASAV realiza capacitação da equipe do SARES, em Manaus

Abril 11th, 2018|0 Comentários

A equipe do Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental – SARES participou de uma capacitação junto à ferramenta de gestão de projetos sociais da Província dos Jesuítas do Brasil: o software Microsoft Dynamics. [...]

CEBAS e inclusão são pautas do encontro do GT de Assistentes Sociais da ANEC/RS realizado na ASAV

Abril 10th, 2018|0 Comentários

O Grupo de Trabalho de Assistentes Sociais da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil – ANEC/RS reuniu na sede da da Associação Antônio Vieira – ASAV, em Porto Alegre, no dia 6 de abril, representantes [...]

Refúgio, orientação sexual e identidade de gênero são pautas da Virada Sustentável

Abril 9th, 2018|0 Comentários

Refúgio, orientação sexual e identidade de gênero. Cada vez mais em voga, os três temas pautaram a Roda de Conversa ‘LGBTI: boas práticas na declaração do status de refugiado e refugiada’, que teve como convidado [...]

ASAV participa da Virada Sustentável Porto Alegre 2018

Abril 4th, 2018|0 Comentários

A Associação Antônio Vieira – ASAV, por meio do Programa Brasileiro de Reassentamento Solidário de Refugiados, estará presente na Virada Sustentável Porto Alegre 2018, que acontece de 06 a 08 de abril, em diversos espaços [...]