As instituições de ensino jesuítas mantidas pela Associação Antônio Vieira (ASAV) deram início ao ano letivo de 2015. Juntos, a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e os colégios Anchieta, Catarinense e Medianeira, reuniram um total de aproximadamente 45 mil alunos no início das aulas.

Segunda melhor universidade privada do Brasil na avaliação do MEC/2013, a Unisinos trouxe novidades para os estudantes dos campi São Leopoldo e Porto Alegre, com diversas melhorias voltadas para a comunidade acadêmica. Vale salientar a nova nomenclatura adotada para as áreas do conhecimento no campus do Vale dos Sinos, que busca uma maior interação entre os mais variados cursos através da interdisciplinaridade.

Na capital gaúcha, o Colégio Anchieta – que em janeiro completou 125 anos de existência – começou suas atividades nesta segunda-feira (23), quando os alunos da Educação Infantil e ensinos Fundamental e Médio lotaram os corredores do colégio no tão aguardado reencontro. Entre as novidades, estão as salas de aulas climatizadas para os estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, além do novo horário para os alunos do Ensino Médio, que agora passam a ter aulas das 7h30min as 12h50min, de segunda a sexta-feira.

No Colégio Catarinense, em Florianópolis, as aulas iniciaram na última quinta-feira (19) para os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental II, já os alunos dos ensinos Fundamental I e Médio voltaram às aulas nessa segunda-feira. Entre as melhorias voltadas para os alunos estão o fato de todas as salas de aula agora serem climatizadas, além do novo laboratório de informática, que ganhou design e computadores novos.

Tendo o P. Carlos Alberto Jahn como novo Diretor Geral, o Colégio Medianeira, de Curitiba, iniciou as aulas na última quinta-feira (19).  Destaque para o já tradicional encontro entre alunos e ex-alunos do terceiro ano do Ensino Médio, quando os sempre-alunos do Horus 3ªº, formandos do ano passado, compareceram ao primeiro dia de aulas, em uma espécie de saudação àqueles que estavam no segundo ano e que agora irão cursar o terceirão.

Fonte: Assessoria de Comunicação da ASAV