‘História das casas’: Montenegro recebe lançamento de livro em meio às comemorações pelos 145 anos

Autor da coleção ‘História das casas: Um resgate histórico dos jesuítas no sul do Brasil’, Pe. Inácio Spohr esteve em Montenegro no dia 05 de maio, para o lançamento do 16º volume da obra, que retrata acontecimentos marcantes da Paróquia São João Batista. O evento aconteceu na Estação da Cultura, como parte da programação das comemorações dos 145 anos do município e contou com a participação de um público interessado em conhecer mais a fundo a história dos primeiros anos de colonização de Montenegro e do Vale do Caí. Dentre os presentes estava o Bispo da Diocese de Montenegro, Dom Carlos Rômulo Gonçalves, além de autoridades locais.

Em uma roda de bate-papo, Pe. Inácio trouxe mais detalhes a respeito das 110 páginas do livro e como é feito o trabalho minucioso de pesquisa que pode servir como fonte histórica. “Como não me baseei em livros publicados, coletei as informações em diversos documentos, analisando centenas de pastas ordenadas alfabeticamente. Se contarmos os 16 livros da coleção, já escrevi cerca de 7 mil páginas sobre a história dos jesuítas. O interesse que tenho, é disponibilizar esse conteúdo, publicar o que está no fundo do baú”, comentou Pe. Inácio.

A importância dos jesuítas para o desenvolvimento da região foi destacada pelo professor Carlos Barreto, que estava entre os participantes. “Não eram só missas, havia um censo social, muito antes do documento de Puebla. Os jesuítas eram precursores de Puebla. Fizeram trabalhos extraordinários, como o cooperativismo”, relembrou Barreto.

O Presidente do Movimento de Preservação Patrimônio Histórico e Cultural de Montenegro, Mauro Henrique Kray, destacou a satisfação de  lançar o livro no dia do aniversário da cidade. “É uma grande alegria celebrar justo hoje, aniversário de fundação de 145 anos de Montenegro. Por isso esse vale foi fértil, fomentado pela intensa ação dos jesuítas”, enalteceu Kray.

 

Lançamento também na Catedral de Montenegro

O 16º livro da coleção de Pe. Inácio Spohr também foi apresentado aos fiéis da Catedral de Montenegro. O jesuíta conversou com o público presente tanto na celebração da noite de 05 de maio, quanto nas duas missas realizadas na manhã do domingo, 06 de maio, e se disse feliz com a recepção dos montenegrinos. “Dom Carlos me passou o microfone para falar uns minutinhos sobre o livro. Creio que fui feliz na síntese e os presentes aplaudiram. Na ocasião, ainda distribui diversos autógrafos”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Comunicação ASAV

Foto: Divulgação

Mais notícias

By | 2018-05-29T09:31:54+00:00 maio 8th, 2018|Jesuítas|