Às vésperas de completar 50 anos, Unisinos celebra parceria entre Tecnosinos e HT Micron

A Unisinos iniciou as celebrações de suas cinco décadas de trabalho, comemorando os 20 anos do Tecnosinos e os 10 anos da HT Micron no Parque Tecnológico. O evento aconteceu nesta terça-feira (18/6), e também lançou a nova tecnologia IoT, desenvolvida pela HT Micron em parceria com o Instituto Tecnológico de Semicondutores da Unisinos (itt Chip).

Estiveram presentes na cerimônia o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, embaixador da República da Coreia no Brasil, Chan-woo Kim, o Administrador da Província dos Jesuítas do Brasil e Diretor Presidente da ASAV, Pe. Geraldo Kolling, o reitor da Unisinos, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, entre outras autoridades.

A programação teve início na Galeria Cultural da Biblioteca, no Campus São Leopoldo, com um café de boas-vindas. Em seguida, foi feito o lançamento do System-in-Package – SIP, uma inovação que requer que todas as tecnologias de encapsulamento avançado sejam integradas, reduzindo custos, aumentando a funcionalidade, favorecendo a colaboração, construção e identificação de oportunidades de negócios.

O pró-reitor acadêmico e de relações internacionais, Alsones Balestrin, falou das diversas missões de uma universidade. “Até algum tempo atrás, a missão da universidade era formar pessoas no ensino, depois veio a questão de produzir conhecimento e pesquisa e, hoje, a terceira missão é por meio do empreendedorismo ser um agente de alto impacto para geração de novos empreendimentos e inovação. Nós já trabalhamos essas três missões na Unisinos, tudo isso gera um ambiente de desenvolvimento regional tanto econômico como social”, afirmou.

Para o CEO da HT Micron, Chris Ryu, a proximidade com o campus e a simbiose entre a empresa e a Unisinos foram fundamentais para a realização desse projeto. “A HT Micron está muito orgulhosa por poder contribuir para o ecossistema brasileiro de semicondutores por dez anos, ajudando nossos clientes a construírem produtos de excelente qualidade. O lançamento do SIP, totalmente desenvolvido no Brasil pela nossa equipe de P&D, é um grande símbolo do nosso compromisso com a inovação”, destacou.

Para CEO do Tecnosinos, Susana Kakuta, é importante reconhecer o passado para entender o futuro. “Hoje o Tecnosinos tem 20 anos, 10 anos como parque tecnológico, e gera mais de 6 mil empregos diretos. A Unisinos contribui de forma efetiva no desenvolvimento do Rio Grande do Sul, especialmente por meio do seu ecossistema de inovação. Através do Tecnosinos e dos itts, agrega valor a setores tradicionais e fomenta o surgimento de novas economias para o Estado”, afirmou.

O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, pediu uma salva de palmas para Universidade pelos seus 50 anos. “A Unisinos faz 50 anos e eu me orgulho de a nossa cidade ser a que mais gera emprego no Rio Grande do Sul. Isso é resultado da parceria entre universidade, empresas e setor público”, ressaltou.

Em sua fala, o governador do Estado, Eduardo Leite, destacou com otimismo esse momento. “A Unisinos dá ao nosso Estado a possibilidade de olhar para o Rio Grande do Sul com confiança. E o que faz o nosso Estado crescer é pensar no futuro construindo o presente com foco no desenvolvimento. Novas façanhas que somos capazes de empreender”, enfatizou.

Embaixador da República da Coreia no Brasil, Chan-woo Kim, falou sobre ser um dia histórico para o Estado. “Esperamos que a HT Micron contribua com as cidades e com o Estado do Rio Grande do Sul. Assim como a inovação e a educação tiveram um papel muito grande no desenvolvimento da Coreia, queremos contribuir com o Brasil”, destacou.

O reitor da Unisinos, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, fechou as falas oficiais do evento. O jesuíta lembrou das mulheres e dos jovens pesquisadores e empreendedores que contribuíram para esse momento. “Estamos juntos e vamos construir a nossa nação. A Unisinos tem raízes no humanismo, mas investe em inovação tecnológica”, afirmou. E falou da economia digital. “Temos que gerar riqueza pelo manejo lúcido do digital, gerar riquezas e distribuir, esse é o nosso desafio para o século XXI”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Comunicação Unisinos

Fotos: Rodrigo W. Blum/Unisinos

Mais notícias

By | 2019-07-17T17:52:32+00:00 junho 19th, 2019|Educacional|